Feiras livres: a vitrine dos produtos de LEM

Como já conhecemos através da história, várias cidades se formaram a partir das feiras livres. Ali eram vendidos diversos tipos de produtos, desde alimentos à objetos para casa, vestuário e tudo que era possível ser comercializado. Modelos como este de negócios foram importantíssimos para o crescimento da economia de muitos municípios.

Em Luís Eduardo Magalhães (LEM), por exemplo, além do agronegócio, a agricultura familiar movimenta a economia local e gera novas oportunidades de emprego. E são nas feiras que os produtores têm a oportunidade de apresentarem os seus produtos. Na cidade, há três feiras: Santa Cruz, Mimoso e Jardim das Acácias, sendo elas consideradas as vitrines da agricultura familiar de LEM.

Para a agricultora Sandra Dourado, 37, as feiras são extremamente importantes para o escoamento de sua produção, além de proporcionar o contato com os clientes: "Podemos conversar com as pessoas e apresentar os nossos produtos, que são orgânicos e, são tão saborosos quanto outros vindos de estados vizinhos", comenta a agricultora. 

A cidade de Luís Eduardo Magalhães (LEM) passou, nestes últimos anos, por grandes transformações, principalmente no que diz respeito a alimentação. Conhecida como a cidade do agronegócio, a produção de LEM é baseada em soja. E por isso, diversos insumos vinham de outras cidades e estados próximos, como as hortaliças, legumes e os tubérculos. Hoje, os 75 mil habitantes do município já consomem o alface, brócolis, rúcula, feijão de corda, pequi, tomate, batata, berinjela entre outros produtos cultivados em LEM e vendidos nas feiras livres.

Dia de feira

Para qual feira você quer ir? Em LEM, três bairros recebem comerciantes, produtores e pessoas interessadas em comprar desde alimentos como, frutas, legumes e carnes defumadas à roupas e artesanatos. Localizada em um imenso mercado coberto, a Feira de Santa Cruz, ocorre todos os domingos a partir das 6h. No local é possível encontrar uma quantidade impressionante de produtos alimentícios, artesanatos e vestuário. Ainda há na cidade a Feira do Mimoso, realizada todas as terças-feiras à noite, a partir das 18h e a Feira do Jardim das Acácias, de menor porte, que acontece aos sábados a partir das 6h. 

Agora imaginem reunir os produtos locais e artesanatos das feiras livres com chefs renomados, vindos de outros estados, profissionais de gastronomia da região, representantes de bares, restaurantes e hotéis, além de associações e cooperativas da economia solidária de LEM em um único espaço? É exatamente isso que acontecerá nos dias 01 e 04 de outubro, no Centro de Eventos Nossa Senhora Aparecida. E você é o nosso convidado a embarcar no II Festival LEM Gastronomia. 

Fotos: Prefeitura de Luís Eduardo Magalhães / Arquivo Sandra Dourado

EVENTO

II Festival LEM Gastronomia

Data: 01 a 04 de outubro de 2015 

Local: Centro de Eventos Nossa Senhora Aparecida, em Luís Eduardo Magalhães

Evento gratuito


Acesse nossas redes sociais

Facebook: festivallemgastronomia
Instagram: @lemgastronomia
Flickr: www.flickr.com/photos/lemgastronomia

Leia Também